Sunday, May 27, 2007

Desculpa para meus erros bobos

Vira e mexe deixo passar uns erros idiotas. Outro dia eu estava relendo o que escrevi há posts atrás sobre ciência e descobri um "consiguisse" e um "univeral". Praguejei e consertei. Isso que dá escrever meio que às corridas e sem revisar nada direito. É que quando tenho alguma idéia corro e escrevo logo aqui. Às vezes preparo o que escrevo antes de publicar, mas isso não é muito comum, até porque já notei que, quanto mais preparo o texto, menor é a probabilidade de eu sequer terminá-lo. E quanto aos textos publicados, normalmente só mudo uma coisinha ou outra depois, principalmente naqueles textos que eu já aviso que são rascunho. Eu deveria escrever: "rascunho do rascunho". Por sinal, naquele último sobre o Brasil, reescrevi muita coisa e se bobear vou mexer no texto de novo. Outra desculpa é que, por um motivo que nem eu entendo, mas que imagino que seja um gracejo de alguma musa, costumo publicar os textos quando estou para dormir. Esse post mesmo é um bom exemplo. Eu estava caindo de sono (e ainda estou) quando de repente me veio a idéia de escrever essas coisas. Como não consigo dormir enquanto não escrevo de uma vez o que me vem à cachola, tive de acomodar meu traseiro na cadeira e colocar aqui no blog todas essas coisas entre mil bocejos. Aliás, peço logo desculpas ao leitor pela minha falta de educação.

Tendo escrito, dormirei. E tenha um bom dia.

6 comments:

Cassiano said...

Como diria o bordão, a gente tenta, erra e às vezes conserta.

Carlos said...

Isso me deixa um pouco paranóico. Fico pensando se devo reler teus textos periodicamente, em busca de alguma infinitesimal alteração de sintaxe ou ortografia. Rogo que, quando alterar alguma coisa, me escreva avisando. Algo como: "Ei, Carlos, lembra aquele texto que escrevi em 2005? Escrevi 'Olvarvo' onde deveria ter escrito 'Olavo'." hehehe... esses escritores metódicos... Confesso que, nos áureos tempos em que rascunhava alguma coisa, também ficava assim. Só que com mais erros e textos ruins. Você tem poucos erros e textos bons.

Um grande abraço,
Carlos

PS: qualquer erro no meu comentário, envie um e-mail.

Cassiano said...

Obrigado pela gentileza, rapaz!
Assim que você escreveu "escritores metódicos", fui logo visitado pelos fantasmas de Flaubert e Tolstói, se bem que o primeiro era mais maníaco. A diferença é que eles eram artistas: as páginas eram como cristais. Eu não; só entrego o que escrevo para o pior juiz do mundo avaliar: eu mesmo. Dizendo de outro modo, é mais ou menos a diferença entre o cara que projetou a Catedral de Nossa Senhora de Paris e o que resolveu improvisar um barraco. É por isso que ter esse bloguinho é bom, porque aos poucos vou me consertando - e reformando o barraco. Por essas e outras que um dia cacei e comprei a gramática do Napoleão Mendes de Almeida, escrita num tempo em que o português era mais querido, isto é, na época de Dom João Charuto - tudo isso sem deixar de considerar, claro, que o melhor jeito de aprender é lendo os clássicos, como aliás faziam os romanos quando moleques.

Por sinal, não sei se você já reparou, mas vira e mexe mudo um pouco o estilo. Também para isso o bloguinho é útil, porque é como uma oficina e aos poucos acerto a mão. Espero, é claro, não perdê-la em algum acidente de trabalho.

Sobre alterações, vixe... Vários deles TÊM de ser reescritos em caráter de emergência. E não só por causa de errinhos. É por questão de estilo mesmo. Tem um, por exemplo, que se chama, se não me engano, "Sobre a vida interior". Até que gostei do assunto que escrevi, mas há várias passagens que não ficaram boas e há um parágrafo meio pavoroso. Farei o seguinte daqui para frente: sempre que eu vier a reescrever algum texto, republico como se fosse novo, só colocando um aviso. Que tal?

Espero que volte a escrever, viu?

Abração!

PS: Também te peço para que me corrija caso algum erro manhoso faça arte nesse comentário do teu comentário, ainda mais porque, para variar, escrevo com sono.

cris said...

oi amigo!!!! o ego voltou, apareça!

Marcio said...

volta a escrever, cara!

cris said...

tem desafio pra vc no meu blog!